Discutir Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
O Cenário de Tagmar .  

Esta página contém material oriundo dos livros oficiais e não pode ser editada

O cenário do Tagmar segue a linha Tolkieniana, ambientada em uma terra de fantásticas raças, poderosas criaturas e incríveis magias, com suas história, folclores e lendas. Seu desenvolvimento é baseado na Idade Média européia, embora contenha elementos de diversas épocas e culturas, anteriores e posteriores, o que traz uma maior diversificação e possibilidades para aventuras. O cenário de Tagmar apresenta um mundo diferente de muitos outros RPGs, um mundo repleto de...

Realismo

Não é Hi-Fantasy, ou seja, não possui a mesma profusão de magias que ocorre em outros cenários. Não existem barcos voadores, ilhas ou castelos flutuando sobre nossas cabeças. Em Tagmar, itens mágicos são raros e dificílimos de se encontrar, além de cada um possuir sua própria história, sua própria lenda. Fato que os transforma em objetos únicos, e passa ao mundo uma maior verossimilhança, uma sensação de realismo e abre um leque de infinitas possibilidades para aventuras. Não há em Tagmar uma mistura incoerente de raças. As culturas selvagens são tratadas como tal, e vice-versa. Isso faz com que não existam situações que façam o jogo parecer com as famosas tabernas do filme StarWars©, de George Lucas.

Mistérios

Tagmar é um mundo cheio de mistérios. Todos os textos de ambientação estão repletos de ganchos, lacunas e locais fantásticos, que dão inúmeras oportunidades aos mestres desenvolverem suas aventuras. A proposta da ambientação é deixar os mestres de jogo livre para criação, dando o máximo de sugestões e idéias para inúmeras aventuras.

Consistência

Tagmar é muito bem estruturado. Com o Livro dos Reinos foi feita toda uma estruturação cronológica que explica a evolução dos reinos até a presente data em Tagmar; há uma história pregressa que ajuda a situar os personagem num contexto mais realístico e está bem dividido em regiões iconográficas permitindo inúmeras aventuras de diversos tipos, pois há regiões do tipo:

  • Deserto, Geleira, Floresta, Montanhas

  • Reinos em Guerras

  • Peste

  • Piratas

  • Reinos de cavaleiros

  • Reinos caídos

  • Reinos pacíficos

  • Reinos dos elfos

  • Reinos dos anões

Detalhamento

Os reinos foram todos bem detalhados. O Livro dos Reinos possui cerca de 150 páginas, descrevendo as principais informações de cada região, como história, governo, cidades, intrigas e rumores, mapas, brasões etc. Tudo o que os jogadores precisam saber sobre o mundo no qual farão história com seus personagens. Mas o nível de detalhamento foi balanceado para que não fosse exageradamente detalhado (que mataria a criatividade e oportunidades) e nem simplista de mais (o que forçaria o mestre a criar tudo).

Quem é o Herói?

No entanto, apesar de tudo isso, talvez a maior riqueza que o mundo de Tagmar possa ter e que mantém a fidelidade de inúmeros jogadores das mais variadas faixas-etárias, seja o fato de que, em Tagmar, os personagens dos jogadores é que são os heróis. No Tagmar, todos os grandes heróis são do passado, e o papel dos novos heróis cabe aos PJs. Não existem aqueles PdMs poderosos que todos idolatram. Isto permite colocar os aventureiros como os protagonistas e não como meros coadjuvantes. Em Tagmar, os personagens dos jogadores são os únicos e verdadeiros heróis, aqueles cujos nomes todos conhecerão e respeitarão, responsáveis por façanhas dignas de ecoar por toda a história. Os verdadeiros astros do jogo.

Os livros já lançados

Livro de Introdução à ambientação

No começo, na primeira pérola do cordão de existência, havia apenas as cores do caos e da energia bruta, seguindo a infinitude do para sempre, que era aquela primeira esfera, onde as luas contavam-se como todas e como nenhuma.

Mas houve o fim da primeira pérola, e com ele, a separação de caos e energia. Eram formados os reinos inferiores e os materiais, e em pouco tempo a sapiência manifestou-se em ambos.

As emanações do caos indômito, destruidor, deram origem aos seres infernais, Demônios, contemporâneos dos igualmente temidos Titãs, oriundos da consciência e emanações das forças elementais existentes nos reinos da matéria. Os seres titânicos eram treze, e chamavam a si mesmos de Treva, Luz, Água, Terra, Fogo, Ar, Crônus, Crio, Ânimus, Étere, Maná, Entropia e Gênese....

Extratos do “Livro de Maudi”

(da cópia existente nos arquivos dos sacerdotes de Palier em Saravossa, Calco)

Este é o livro obrigatório para todos os mestres e jogadores de Tagmar. Ele contém um grande resumo de todo o cenário descrito de uma forma bem dinâmica. Ele abrange os principais elementos da ambientação que incluem a descrição da origem de Tagmar, o seu panteão de Deuses, os reinos, as raças e suas línguas, os principais lugares misteriosos de todo mundo conhecido entre muitas outras informações valiosas.

Complementando as descrições do Mundo Conhecido, há uma coletânea de mapas e uma crônica da História do 3º Ciclo que conta todos os eventos passados ao longo de 1500 anos, narrando a ascensão e queda de poderosos reinos e o surgimento do maior flagelo de Tagmar: A Seita!

Para trazer a atmosfera de Tagmar, um emocionante conto narra a aventura de 4 grandes heróis do passado que, traz ao leitor o clima frenético e sombrio que é o fantástico mundo de Tagmar.

Livro de Ambientação

...No princípio, na primeira pérola do cordão da existência, havia apenas as cores do caos. Seguindo a infinitude do para sempre, que era aquela primeira esfera, onde as luas contavam-se como todas e como nenhuma...

...Mas houve o fim da primeira pérola, e com ela, a separação do caos. Formaram-se os reinos superiores e os inferiores e em pouco tempo a sapiência manifestou-se em ambos..

Esta obra detalha toda a ambientação do Tagmar, trazendo inúmeras informações sobre:

• História dos 3 ciclos de Tagmar, 

• Deuses

• Cosmologia

• Geografia

• Raças 

• Os Aventureiros

• Calendário de Tagmar.

• Cronologia

Livro dos Reinos

Como eu definiria Portis? Um lugar incrível, fabuloso. Onde o real e o irreal não se contradizem nem se confrontam: eles se completam. Aqui, o que é tido como mentira, se mostra verdade; o único e fantástico encontram-se a cada esquina e onde as leis do senso comum não se aplicam”.

Assim é Portis, o reino dos sonhos, do poder e da magia.

Iênim Calaudra, Senador-Primas de Portis.

Seja bem-vindo, ao fantástico mundo de Tagmar! Este é o primeiro volume da nova ambientação estendida: O Livro dos Reinos. Nas suas 145 páginas é apresentada toda a vastidão do Mundo Conhecido de Tagmar, com seus reinos, cidades, florestas, montanhas e diversos outros locais fantásticos, que sempre povoaram a imaginação dos bravos aventureiros.

Este livro descreve detalhadamente as principais informações de cada região, com sua história, governo, cidades, intrigas, mapas, brasões etc. Complementando, há uma cronologia do 3º Ciclo e um emocionante conto sobre um momento importante da história de Tagmar, que irá inserir a todos neste emocionante universo.

Este é um suplemento bem completo, com tudo que os jogadores precisam para tornar-se um novo herói de Tagmar, e fazer com que seu nome e seus feitos ecoem pela história! Um livro para todos, onde as histórias não estão fechadas, sendo o ponto de partida para os mestres, que não podem deixar de lê-lo, pois ele é a melhor fonte, de referência e de inspirações, para as melhores e mais emocionantes aventuras a serem vividas.

Terras Selvagens

... Todos que conhecia estavam mortos ou desaparecidos, nunca havia me afastado de meu pai nem saído da vila, e de repente estava sozinho em uma terra que me parecia estranha e assustadora, sem água, comida ou um ombro amigo para derramas as lágrimas que eu sentia acumular por trás dos meus olhos.

Então, por que não desistir simplesmente? Exatamente porque qualquer um poderia fazer isso e eu, mesmo jovem, não era qualquer um. Além do mais, agora tinha um objetivo: encontrar meu pai.

Para isso, precisava reunir tudo o que me restava: a força e a coragem que descobrira ter e seguir em minha primeira missão, uma missão suicida que marcava o início de minha primeira grande aventura: penetrar fundo nas Terras Selvagens...

Este suplemento para ambientação vem colocar à disposição do Mestre mais uma excelente fonte de aventuras. Terras Selvagens aborda a região ao sul do continente conhecido, não detalhada no Livro dos Reinos. Este livro é composto por 8 capítulos abordando:

• As Estepes Vítreas

• Os Mangues

• Caridrândia, reino dos Elfos Sombrios

• Lar, reinos dos Elfos

• Blur, reino dos Anões

• O Domus de Arminus

• A Geleira

• Os Povos Bárbaros

  

O Império

...As muralhas da cidade-estado de Gershan cediam ante as máquinas de guerra do poderoso Império Aktar. O exército já sem forças após o longo cerco; o povo apavorado; os deuses surdos às súplicas e orações; a queda da cidade era agora apenas uma questão de tempo...

... Um homem observava em silêncio o pobre rei perdido em dúvidas, remorsos e desespero. Aguardou imóvel até que o rei se dirigisse à ele:

- “E você o que acha?! Eles matarão os meus oficiais com torturas terríveis; empalaram parte do meu povo, escravizarão centenas deles e banirão o resto pelas províncias do Império!”

- “A crueldade dos imperadores aktares é bem conhecida.” - respondeu o homem com uma voz profunda e suave.

Finalmente após 2 anos de trabalho, foi lançado o mais nova expansão de mundo de Tagmar. 

Este fantástico suplemento compreende a parte do continente do outro lado das montanhas do Muro e das Estepes Vítreas. Aquelas terras misteriosas de que apenas ouvimos falar através de boatos e relatos imprecisos sobre os licantropos Tessaldarianos e os homens-fera conhecidos como Bestiais. Uma terra onde não existem elfos, pequeninos ou orcos e que os anões são vistos como uma raça sanguinária. O que realmente existe lá? Chegou a hora de saber...

O Império foi o último grande lançamento do Tagmar 1, e agora o Projeto Tagmar 2 traz este livro de volta, totalmente revisado e expandido, com muitos mais detalhes que o original.

O Império compreendia em um livro uma parte de Ambientação e uma parte com Regras. Mas como todos os livros de ambientação do Tagmar 2 não contém regras, esta nova versão foi dividida em duas partes. A 1ª chamada apenas de “O Império”, contém apenas a Ambientação. A 2ª parte chamada de “Aventuras no Império” ainda será lançada e conterá todas regras específicas para esta ambientação já adaptadas para o sistema do Tagmar 2.

  

Livro das Ordens Sacerdotais

Chats estava em chamas...

A horda bankdi penetrara a última linha de defesa da cidade e se esparramava pelas ruas, praças e vielas. Morte, destruição e sangue acompanhavam seu rastro.

A unidade onde me encontrava fora incumbida de defender a praça de acesso à entrada principal do Palácio Imperial. Teríamos de barrar o avanço da turba assassina até a comitiva real conseguir escapar do cerco.

Estávamos condenados... sabíamos disso.

Mas eu sentia paz. Após tantos anos combatendo a seita, entregando-me de corpo e alma a isso, finalmente eu poderia ter paz...

Kerdal, Sacerdote de Crisagom

Quando um mortal prova seu valor a seu deus, torna-se um sacerdote. Quando este valor torna-se evidente o bastante para impressionar outros sacerdotes, este é convidado a integrar uma ordem. Avessos à vulgarização de seus segredos, os mestres das 13 Ordens Divinas trancaram em seus monastérios seus ritos sagrados, seus textos sapienciais, suas práticas iluminadas que levam à comunhão do mundano com o divino. Às massas, restava o culto exterior e as prescrições morais. Mais você foi escolhido...

Este é mais um livro que o projeto Tagmar 2 disponibiliza, detalhando mais um elemento da ambientação deste fascinante mundo... Um livro para jogadores poderem aprofundar a interpretação de seus sacerdotes, e para os mestres poderem enriquecer suas aventuras. E como todo livro de ambientação disponibilizada pelo projeto, não possui regras, o que permite ser usado em qualquer sistema!

  

Mapa da Região dos Reinos e das Terras Selvagens

Eu já naveguei por todos os mares e rotas conhecidas, enfrentei piratas e criaturas monstruosas, já cruzei rios e montanhas, já enfrentei o frio inclemente da geleira, o calor abrasador do deserto de blirga, passei ao largo do campo branco, foram dias atravessando as cordilheiras de sotopor, um dos locais mais perigosos do mundo conhecido, cheguei ao fim do mundo, perto do grande muro, vi bestas e criaturas que ninguém jamais imaginou existir há não ser em pesadelos, cruzei florestas repletas de elfos e vi os anões escavarem as montanhas, sim meu jovem aventureiro, eu já andei por quase todo o mundo conhecido escoltando mercantes ricos de Plana, e ainda me maravilho com tudo o que é descoberto a cada dia.

Jerome De Aldravar, Aventureiro e Capitão da Nau Jeromese, a serviço de Plana.

O mundo de Tagmar não seria tão conhecido sem a coragem e o trabalho árduo dos aventureiros, cartógrafos e sábios que desbravaram as terras inóspitas e maravilhosas, catalogando reinos, formações geológicas e demarcando bordas e regiões incríveis, um trabalho de séculos, que agora você tem a mão no Mapa Principal Oficial de Tagmar 2.

Todos os reinos, com suas fronteiras, suas capitais e principais cidades, nomes de florestas, rios e montanhas, ajudam muito o mestre e os jogadores a melhor visualizar onde suas aventuras ocorrem.

Saber se estão próximos de rios e florestas, ou como evitar entrar nas terras das brumas de dartel e arriscar ficar perdido para sempre, os rios, lagos, montanhas, florestas, desertos, isso tudo sem contar as maravilhas do mundo, como a geleira, o muro, as Estepes Vítreas, o vulcão Forja, o Lago Denegrio, o pico de Prussel e muito mais.

Tudo isso em um incrível mapa ricamente detalhado, totalmente colorido, que pode ser impresso até o tamanho de um cartaz com quase um metro de altura.