Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Questão da Enquete : 5.6 Iniciativa
Escolha Votos Estatísticas
Aprovado 7 100 %
Reprovado (precisa de melhorias) 0 0 %

3 Páginas 123>
5.6 Iniciativa Opções
#1 Samyaza Enviado : 09/05/16 17:48
Esta discussão foi criada para discutir o seguinte verbete da TagmarPedia:

Iniciativa

Acessem o verbete pelo link acima. Critiquem, dêem sugestões.

OBS: Façam apenas sugestões e críticas que conduzam a uma melhoria do texto.
#2 Samyaza Enviado : 09/05/16 18:12
Essa tarefa está disponível, caso deseje assumi-la, entre em contato com o coordenador de regras para receber as orientações iniciais antes de começar a desenvolver seu trabalho.
#3 marcoelric18 Enviado : 23/05/16 21:06
Olá, para quem não me conhece me chamo Marco. Assumi essa tarefa e a minha proposta é bem simples e objetiva. Hoje temos uma regra de iniciativa onde cada representante de seu grupo lançam um d10 e o lado que tirou maior resultado vence e age primeiro. Então a minha proposta é mesclar essa opção com a seguinte opção:

Citação:
A iniciativa individual é rolada apenas na primeira
rodada de combate, sendo modificada conforme a
ação do personagem rodada a rodada:
Iniciativa = 1D10 + Agilidade
Cada jogador rola seu dado e calcula sua iniciativa
e o Mestre do Jogo faz a mesma coisa com os
personagens (e criaturas) controlados por ele. Os
personagens (e criaturas) agem na seqüência de
quem obteve o maior número primeiro até o ultimo
(quem tirou a menor iniciativa).


Ficaria assim:
NOVA REGRA escreveu:
Cada membro de um grupo escolhe entre (rolar a sua iniciativa separadamente ou seguir o líder. O líder de cada grupo sempre será aquele que possuir a maior agilidade). Todos os rolamentos somaram ( 1D10 + agilidade).


Gostaria de saber o que os Senhores acham?
#4 Fábio_CM Enviado : 23/05/16 21:17
Não sei se entendi. Você quer dizer que seriam apenas dois turnos, aliados e e oponentes? Todos os do líder com iniciativa mais alta agiriam antes daquele junto com o líder de iniciativa mais baixa?

Dentro deste mesmo grupo fará diferença a ordem de quem agirá primeiro?
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#5 Alisson Enviado : 23/05/16 21:32
Sou totalmente a favor. Dancing

Melhora a vida dos ladinos que estão meio abandonados.
il possibile l'abbiamo già fatto,
l'impossibile stiamo facendo,
per i miracoli ci vuole un pò di tempo.
#6 Samyaza Enviado : 23/05/16 21:37
Pessoalmente não gostei da regra, acho que não traz verossimilhança.

Minha sugestão seria:
1 - trocar o 1d10 por 1d20 para tentarmos eliminar ao máximo o uso desse dado no sistema até que consigamos removê-lo;
2 - cada jogador rola a sua iniciativa em separado que é ajustada pela carga do personagem e pelo tipo de manobra usada;
3 - o narrador escolhe entre rolar a iniciativa por grupo de criaturas ou para cada criatura isoladamente.

#7 Fábio_CM Enviado : 23/05/16 22:23
Samyaza escreveu:
Pessoalmente não gostei da regra, acho que não traz verossimilhança.

Minha sugestão seria:
1 - trocar o 1d10 por 1d20 para tentarmos eliminar ao máximo o uso desse dado no sistema até que consigamos removê-lo;
2 - cada jogador rola a sua iniciativa em separado que é ajustada pela carga do personagem e pelo tipo de manobra usada;
3 - o narrador escolhe entre rolar a iniciativa por grupo de criaturas ou para cada criatura isoladamente.

Acho que considerar o tipo de manobra usada é muito desgastante, principalmente porque muda a cada rodada.

Se mudar o dado para o D20 teríamos que considerar mais alguma coisa ou a soma do atributo vai ficar muito desvalorizada. Talvez incluir percepção?
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#8 Hazafer Enviado : 23/05/16 22:51
Fábio_CM escreveu:
Samyaza escreveu:
Pessoalmente não gostei da regra, acho que não traz verossimilhança.

Minha sugestão seria:
1 - trocar o 1d10 por 1d20 para tentarmos eliminar ao máximo o uso desse dado no sistema até que consigamos removê-lo;
2 - cada jogador rola a sua iniciativa em separado que é ajustada pela carga do personagem e pelo tipo de manobra usada;
3 - o narrador escolhe entre rolar a iniciativa por grupo de criaturas ou para cada criatura isoladamente.

Acho que considerar o tipo de manobra usada é muito desgastante, principalmente porque muda a cada rodada.

Se mudar o dado para o D20 teríamos que considerar mais alguma coisa ou a soma do atributo vai ficar muito desvalorizada. Talvez incluir percepção?


Pessoal, só 3 coisas:
1- Acho imprudente retirar o d10 do sistema, ele matemáticamente falando resolve muitos problemas de probabilidades.
2- Na minha opinião o teste de iniciativa deveria ser d10 + percepção e não com agilidade, pois antes de agir primeiro se percebe o que está acontecendo, tanto é assim que as vezes quem ganha a iniciativa resolve segurar sua ação. Sendo que não precisou ser rápido para ficar parado mas sim precisou de sua atenção para entender as coisas ao seu redor e decidir o que fazer.
3- As regras deveriam ser simples e a cada tópico que eu entro, as mudanças estão tornando as regras muito burocráticas.

Abraços, fui.
Democracia: Sistema político q a soberania é exercida pelo povo

Monarquia: Sistema político q tem um monarca como líder do Estado

Anarquia:Sistema político desprovida de direção e/ou normas, baseado na negação do princípio de qualquer tipo de autoridade
#9 Azurius Enviado : 24/05/16 08:10
Gosto do Tagmar exatamente por isso, regras simples, para coisas simples.
Acho que essa ideia em questão da uma versatilidade pras escolhas.
Quem quiser joga iniciativa separado, quem quiser joga com um líder.
Na minha visão como mestre essa regra caí como uma luva, pq quando tiver um combate grande, não precisarei ficar jogando iniciativas separadas pra cada npc pois a regra me ampara.
Seja a mudança que você quer ver no mundo.

- Mahatma Gandhi
#10 Alisson Enviado : 24/05/16 08:34
Citação:
Na minha opinião o teste de iniciativa deveria ser d10 + percepção e não com agilidade, pois antes de agir primeiro se percebe o que está acontecendo, tanto é assim que as vezes quem ganha a iniciativa resolve segurar sua ação. Sendo que não precisou ser rápido para ficar parado mas sim precisou de sua atenção para entender as coisas ao seu redor e decidir o que fazer.

De que adiantaria perceber a situação e não ser veloz para agir primeiro? É claro que o principal atributo, nesse caso, é a AGI. Como eu daria ao oponente a possibilidade de agir primeiro se eu não tivesse adquirido este direito previamente? Abrir mão de agir primeiro é pressuposto categórico da obtenção desse direito em pretérito.

Abraços.
il possibile l'abbiamo già fatto,
l'impossibile stiamo facendo,
per i miracoli ci vuole un pò di tempo.
#11 jonconcar Enviado : 24/05/16 09:21
Acredito também que devemos manter o foco na simplicidade do sistema.

A iniciativa a cada rodada acho interessante, pois da a chance ao outro lado de atacar antes do outro seguidamente. Por exemplo, meu oponente ganhou a iniciativa e agiu primeiro, depois foi minha vez e deixei ele bastante ferido, na próxima rodada eu vou querer ganhar a iniciativa para terminar de mata-lo, então ganhando eu vou agir em seguida atacando ele. Com uma iniciativa onde rola-se no inicio do combate e depois não rola mais, com o exemplo desse combate, meu oponente poderia ter fugido.

No Manual de Regras poderia-se manter a regra de d10 ou a critério do Mestre d10 + Agi (Nesses casos o mestre decidiu assim em combates mano-a-mano, pois quem tem uma Agi maior está levando vantagem).

Só acho que para o Manual de Regras a Iniciativa ser rolada a cada Rodada deve permanecer por conta do exemplo que citei acima.
#12 marcoelric18 Enviado : 28/05/16 18:03
Após ler todas as postagens adicionei o que estava faltando na regra, essa regra serve tanto para aqueles que querem rolar sua iniciativa separadamente quanto para aqueles que precisam de alguma forma rolar sua iniciativa em conjunto(como é o caso do mestre de jogo).

grato,
marcoelric18.
#13 saulocr Enviado : 28/05/16 21:07
Minha opinião....

Acaba com os rolamentos de iniciativa.

Para saber quem agi primeiro soma metade da VB + Agilidade + Percepção.

Se necessário da uma arrumada na VB. Pois as regras são muito confusas.

Acaba com um monte de rolamentos, da alguma utilizada a VB.
#14 Fábio_CM Enviado : 28/05/16 21:56
saulocr escreveu:
Minha opinião....
Acaba com os rolamentos de iniciativa.
Para saber quem agi primeiro soma metade da VB + Agilidade + Percepção.
Se necessário da uma arrumada na VB. Pois as regras são muito confusas.
Acaba com um monte de rolamentos, da alguma utilizada a VB.

Até concordo quanto à agilidade e percepção, mas a VB não tem nada a ver, ainda mais entrando com um peso tão alto. Talvez se ela fosse só um critério de desempate ficaria melhor..

Mesmo assim, o uso do resultado aleatório do dado cria uma expectativa interessante.
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#15 saulocr Enviado : 29/05/16 08:21
Fábio_CM escreveu:
saulocr escreveu:
Minha opinião....
Acaba com os rolamentos de iniciativa.
Para saber quem agi primeiro soma metade da VB + Agilidade + Percepção.
Se necessário da uma arrumada na VB. Pois as regras são muito confusas.
Acaba com um monte de rolamentos, da alguma utilizada a VB.

Até concordo quanto à agilidade e percepção, mas a VB não tem nada a ver, ainda mais entrando com um peso tão alto. Talvez se ela fosse só um critério de desempate ficaria melhor..

Mesmo assim, o uso do resultado aleatório do dado cria uma expectativa interessante.


Na verdade a VB do sistema não faz sentido.

A iniciativa aleatória não faz sentido.

Se iniciativa for definida como o tempo de ação e reação que antecede o combate então, um sorteio aleatório faz o mínimo sentido possível. Imagina um duelo de arqueiros semelhante os duelos do velho oeste, no qual o cara conta os passos e se volta disparando. O cara mais rápido sempre ganha, não tem essa de rolar dados com resultados aleatórios onde o cara de agilidade 0, tem a mesma chance que o cara com agi 4.
#16 Fábio_CM Enviado : 29/05/16 13:09
saulocr escreveu:
Na verdade a VB do sistema não faz sentido.

A iniciativa aleatória não faz sentido.

Não entendo porque você pensa isso da VB. É só o quanto um personagem se desloca em uma rodada, como em todos os outros RPGs. O valor é até próximo ao que se usam em outros sistemas, guardada a proporção do tempo de rodada.

Quanto a aleatoriedade, concordo em parte. Tudo tem alguma variação envolvida. O cara mais rápido pode vencer na maioria das vezes, mas ocasionalmente ele pode perder.

É muito uma questão de acrescentar os pesos certos. 1d10 perto de atributos normalmente com diferenças de 1 ou 2 pontos é dar muita importância para a aleatoriedade.
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#17 Fábio_CM Enviado : 29/05/16 13:09
saulocr escreveu:
Na verdade a VB do sistema não faz sentido.

A iniciativa aleatória não faz sentido.

Não entendo porque você pensa isso da VB. É só o quanto um personagem se desloca em uma rodada, como em todos os outros RPGs. O valor é até próximo ao que se usam em outros sistemas, guardada a proporção do tempo de rodada.

Quanto a aleatoriedade, concordo em parte. Tudo tem alguma variação envolvida. O cara mais rápido pode vencer na maioria das vezes, mas ocasionalmente ele pode perder.

É muito uma questão de acrescentar os pesos certos. 1d10 perto de atributos normalmente com diferenças de 1 ou 2 pontos é dar muita importância para a aleatoriedade.
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#18 Fábio_CM Enviado : 29/05/16 13:09
saulocr escreveu:
Na verdade a VB do sistema não faz sentido.

A iniciativa aleatória não faz sentido.

Não entendo porque você pensa isso da VB. É só o quanto um personagem se desloca em uma rodada, como em todos os outros RPGs. O valor é até próximo ao que se usam em outros sistemas, guardada a proporção do tempo de rodada.

Quanto a aleatoriedade, concordo em parte. Tudo tem alguma variação envolvida. O cara mais rápido pode vencer na maioria das vezes, mas ocasionalmente ele pode perder.

É muito uma questão de acrescentar os pesos certos. 1d10 perto de atributos normalmente com diferenças de 1 ou 2 pontos é dar muita importância para a aleatoriedade.
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#19 saulocr Enviado : 29/05/16 13:59
Fábio_CM escreveu:
Não entendo porque você pensa isso da VB. É só o quanto um personagem se desloca em uma rodada, como em todos os outros RPGs. O valor é até próximo ao que se usam em outros sistemas, guardada a proporção do tempo de rodada.

Quanto a aleatoriedade, concordo em parte. Tudo tem alguma variação envolvida. O cara mais rápido pode vencer na maioria das vezes, mas ocasionalmente ele pode perder.

É muito uma questão de acrescentar os pesos certos. 1d10 perto de atributos normalmente com diferenças de 1 ou 2 pontos é dar muita importância para a aleatoriedade.


Então, em uma rodada que tem 15 segundos o cara com VB 15 corre 1m/s? Muito sem noção, essa velocidade base é mais quantos metros você anda por segundo. A VB deveria ser revisada, uma pessoa normal deve correr entre 15 e 20 km/hora. Logo um homem poderia ter ajuste racial de 5+Agi+Fis, isso representaria sua velocidade em m/s.

A iniciativa assim como noutros sistemas mais "complexos" é igual a VB, o que poderia facilmente ser aplicado a Tagmar. Sem que precisasse ficar fazendo muitas rolagens.

#20 Fábio_CM Enviado : 29/05/16 15:11
saulocr escreveu:
Então, em uma rodada que tem 15 segundos o cara com VB 15 corre 1m/s?

A velocidade base não é a velocidade de corrida. O texto no manual de regras é claro:
Citação:
A velocidade base representa a distância (em metros) que o personagem pode andar em uma rodada.


Se o personagem desejar correr, ele pode seguir as regras de corrida curta e de fundo. Para alguém sem penalidade de movimento, a distância percorrida para uma corrida curta de um personagem com VB 18 (o normal para um humano) será 108 (18 x 6), correspondente a 7,2 m/s ou 26 km/h. A metade disso (13 km/h) para uma corrida de fundo, que é aquela para longas distâncias.
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#21 Samyaza Enviado : 29/05/16 17:45
marcoelric, por gentileza:

1 - adequar a formatação de texto do verbete, não use tamanho de fonte maior do que o padrão, use o negrito e fonte colorida para destacar trechos do texto e não um texto inteiro, se seu texto já está destacado dentro de uma caixa não há necessidade de colocá-lo com fonte maior, colorida e/ou negrito.

2 - ajuste o texto que você copiou da regra original para que ele fique justificado ou centralizado à esquerda, retire as linhas viúvas.

3 - participe da discussão lendo o que os membros do projeto comentam e vá ajustando as opções conforme as observações feitas.

#22 marcoelric18 Enviado : 31/05/16 21:49
Samyaza escreveu:
marcoelric, por gentileza:

1 - adequar a formatação de texto do verbete, não use tamanho de fonte maior do que o padrão, use o negrito e fonte colorida para destacar trechos do texto e não um texto inteiro, se seu texto já está destacado dentro de uma caixa não há necessidade de colocá-lo com fonte maior, colorida e/ou negrito.

2 - ajuste o texto que você copiou da regra original para que ele fique justificado ou centralizado à esquerda, retire as linhas viúvas.

3 - participe da discussão lendo o que os membros do projeto comentam e vá ajustando as opções conforme as observações feitas.



Não tenho muito tempo durante semana mas sempre que da eu olho o fórum.

Se eu tivesse que adicionar mais alguma coisa na regra certamente seria percepção e intelecto. Percepção pq o combate não é baseado somente na agilidade e intelecto pq é necessário um conhecimento sobre as estratégias de combate para que se tenha um aperfeiçoamento no combate e na velocidade de raciocínio e reação no enfrentamento de embates.
#23 Azurius Enviado : 01/06/16 09:05
Eu tiraria a iniciativa em grupo da opção pj(jogadores) deixaria essa opção só para os npjs(famosos NPCs).
Acredito que é uma possibilidade usar sim (int+per+agi +d10), isso beneficia sim os atributos e trás um pouco mais de realismo pros combates.
Seja a mudança que você quer ver no mundo.

- Mahatma Gandhi
#24 Bruno Enviado : 01/06/16 12:37
Vamos lá,
Primeiro temos que deixar uma coisa clara, a iniciativa deve ser sempre individual em casos que não tenha sido utilizada uma magia/habilidade para ganhar a iniciativa, deixando apenas a rolagem de grupo para facilitação do mestre de jogo na rolagem de NPCs (opcionalmente). Não existe sentido em uma pessoa ganhar na iniciativa e por isso todos os seus aliados terem o mesmo tempo de reação que ele.
Agora em termos de como deve ser rolada a iniciativa, acredito que se utilizarmos uma opção que insira um atributo, este deveria ser agilidade, por um motivo simples, não adianta ver a ação se não é capaz de se movimentar para isso, e essa reação é a iniciativa. Concordo que a percepção interfere, mas entramos no mesmo caso que as habilidades nas fichas, onde todas utilizam um modificador mesmo que outros interfiram, já é parte do sistema simplificar o atributo de maior significância como modificador.
Lembro também que quanto maior for o numero de atributos utilizado, maior será a discrepância de uma profissão para a outra em relação a iniciativa, pelo simples fato de cada profissão ter atributos que necessitam ser nutridos, logo se uma pessoa não teve rolagens muito boas, ele não poderia nutrir os atributos que ficam mais de lado na sua profissão.
No caso citado da velocidade base, discordo da sua utilização, mas concordaria com a opção de criar um novo parâmetro para colocar na ficha, como por exemplo, iniciativa padrão, sei que o nome esta ruim, mas não é o nome que conta, a intenção seria deixar um valor fixo por profissão, com a justificativa que classes combatentes estão mais aptas a reagir do que classes de magia, por serem treinadas para isso. É claro, esse valor fixo será somado ao valor do d10.
Exemplificando, um guerreiro tem bônus de 3 na iniciativa e um bardo tem bônus de uma, assim o guerreiro tem uma vantagem de 2 números alem da rolagem do dado. Os valores não foram pensados apenas dados como exemplo.
Acho esse método mais adequado, até porque tira um pouco do fator sorte das rolagens na criação da ficha.
Mas se for contar com o atributo, acredito que o mais adequado sem causar discrepâncias entre as profissões seria a agilidade, sendo assim a iniciativa seria agilidade mais valor do d10.
#25 samuel.azevedo Enviado : 01/06/16 19:45
E se iniciativa fosse uma técnica de combate? Cada um investiria os pontos que quisesse nela, dentro dos limites de sua profissão e estágio.
#26 Fábio_CM Enviado : 01/06/16 21:10
samuel.azevedo escreveu:
E se iniciativa fosse uma técnica de combate? Cada um investiria os pontos que quisesse nela, dentro dos limites de sua profissão e estágio.

Eu gostei.
Mas ainda teria que ter uma forma de determinar ela.
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#27 Marcelo_Rodrigues Enviado : 01/06/16 22:14
Eu prefiro co o está na regra origina.

Inclusive já há 3 regras opcionais para iniciativa. Segue abaixo o texto que já existe no Livro de Regras Opcionais:

Citação:
4.1 Iniciativa
Para os mestres que gostam de combates mais realistas há 3 regras opcionais de iniciativa que podem ser escolhidas de acordo com o gosto do grupo.

Regras opcionais de Iniciativa - opção 1
A iniciativa individual é rolada apenas na primeira rodada de combate, sendo modificada conforme a ação do personagem rodada a rodada:
Iniciativa = 1d10 + Agilidade
Cada jogador rola seu dado e calcula sua iniciativa e o Mestre do Jogo faz a mesma coisa com os personagens (e criaturas) controlados por ele. Os personagens (e criaturas) agem na seqüência de quem obteve o maior número primeiro até o ultimo (quem tirou a menor iniciativa).

Regras opcionais de Iniciativa - opção 2
Apenas um jogador rola o dado. O resultado do dado é utilizado por cada jogador no cálculo de iniciativa conforme a Opção 1. O Mestre do Jogo procede da mesma forma, rolando apenas um dado para os inimigos, e calculando suas iniciativas conforme suas ações e seus ajustes.

Regras opcionais de Iniciativa - opção 3
Esta opção será uma complementação das opções 1 e 2 onde há um detalhe a mais: “Ação do Personagem” que é uma penalidade a ser aplicada de acordo com algumas condições.
Ação do personagem
• Falar, ficar parado ou realizar um teste de Habilidade ou atributo que não tenha movimento em sua concepção (uma resistência ou um pensamento): +0;
• Mover-se: -1;
• Ataque com armas naturais (isto é: combate desarmado, garras, hálito encantado, cauda etc.): -1;
• Ataque com arma leve: -1;
• Ataque com arma média: -3;
• Ataque com arma pesada: -6;
• Magia de evocação instantânea: -1;
Deve se aplicar apenas o pior redutor, não deve ser somados redutores diferentes.


Precisamos mesmo de mudar a original? Ou basta incluir/alterar alguma das opcionais?


#28 Azurius Enviado : 01/06/16 22:40
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Leia o resto do texto...
Eu prefiro co o está na regra origina.

Inclusive já há 3 regras opcionais para iniciativa. Segue abaixo o texto que já existe no Livro de Regras Opcionais:

Citação:
4.1 Iniciativa
Para os mestres que gostam de combates mais realistas há 3 regras opcionais de iniciativa que podem ser escolhidas de acordo com o gosto do grupo.

Regras opcionais de Iniciativa - opção 1
A iniciativa individual é rolada apenas na primeira rodada de combate, sendo modificada conforme a ação do personagem rodada a rodada:
Iniciativa = 1d10 + Agilidade
Cada jogador rola seu dado e calcula sua iniciativa e o Mestre do Jogo faz a mesma coisa com os personagens (e criaturas) controlados por ele. Os personagens (e criaturas) agem na seqüência de quem obteve o maior número primeiro até o ultimo (quem tirou a menor iniciativa).

Regras opcionais de Iniciativa - opção 2
Apenas um jogador rola o dado. O resultado do dado é utilizado por cada jogador no cálculo de iniciativa conforme a Opção 1. O Mestre do Jogo procede da mesma forma, rolando apenas um dado para os inimigos, e calculando suas iniciativas conforme suas ações e seus ajustes.

Regras opcionais de Iniciativa - opção 3
Esta opção será uma complementação das opções 1 e 2 onde há um detalhe a mais: “Ação do Personagem” que é uma penalidade a ser aplicada de acordo com algumas condições.
Ação do personagem
• Falar, ficar parado ou realizar um teste de Habilidade ou atributo que não tenha movimento em sua concepção (uma resistência ou um pensamento): +0;
• Mover-se: -1;
• Ataque com armas naturais (isto é: combate desarmado, garras, hálito encantado, cauda etc.): -1;
• Ataque com arma leve: -1;
• Ataque com arma média: -3;
• Ataque com arma pesada: -6;
• Magia de evocação instantânea: -1;
Deve se aplicar apenas o pior redutor, não deve ser somados redutores diferentes.


Precisamos mesmo de mudar a original? Ou basta incluir/alterar alguma das opcionais?




Concordo com o marcelo, estamos incrementando demais o sistema com coisas desnecessárias.
Seja a mudança que você quer ver no mundo.

- Mahatma Gandhi
#29 Fábio_CM Enviado : 01/06/16 22:43
Azurius escreveu:
Concordo com o marcelo, estamos incrementando demais o sistema com coisas desnecessárias.

Também acho que a regra como está satisfaz. Mas foi bom você ter comentado, porque a ideia da técnica de combate para melhorar iniciativa é boa e você é o responsável pela tarefa das técnicas Dancing
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#30 Azurius Enviado : 01/06/16 22:47
Voz de comando já faz isso.
Seja a mudança que você quer ver no mundo.

- Mahatma Gandhi
Usuários visualizando este tópico
Guest (2)
3 Páginas 123>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET